Filed in Artigo OUAT Projetos TV

Hypable elege Anna como a melhor personagem da adaptação de ‘Frozen’

anna

Anteriormente, o site Hypable elogiou a performance de Elizabeth em ‘Once Upon a Time’ e agora, eles elegeram Anna como a melhor adaptação de Frozen na série. Leia abaixo:

A primeira metade da 4ªtemporada de Once Upon a Time se focou em Frozen. Mas qual personagem fez a melhor transferência da animação para viver a ação?

Elsa, Anna, Kristoff, Hans – todos eles fizeram seu caminho para as mesas animadoras de Once Upon a Time nesta temporada. Mas houve uma personagem que encarnou a personalidade, trajeitos, e todos os potencias inexplorado no encerramento do filme de Frozen. Anna, Elizabeth Lail, colocou todos os personagens fora da água, er, gelo, durante a 4ªtemporada. A performance de Lail durante cada semana não foi diferente de assistir Anna diretamente do filme de animação. Seu carisma, otimismo inabalável, e sagacidade feroz quando enfrentando o mal tudo se fundiu para cumprimentar o resto do elenco para o seriado.

O figurino e escalação pesa bastante para criar a base perfeita para um personagem, mas a essência do personagem só pode ser alcançado se a pessoa certa pisa naqueles sapatos perfeitamente escolhidos. Não é à toa que Lail terminou em nosso Hypable Honors na semana passada por sua performance no episódio 10 de Once Upon a Time, “Shattered Shight”. A variação de Anna nesta temporada passou de noiva, à irmã dedicada, para uma pessoa maliciosamente honesta sobre o feitiço do Shattered Sight, e finalmente para a garota que salva a cidade e todos dentro nele.

Aqui estão alguns dos melhores momentos de Anna na 4ªtemporada de Once Upon a Time.

Química de Anna com o Kristoff:

Se você vai escalar a perfeita Anna, ela deve ter um companheiro que é lá essas coisas. Scott Michael Foster, Kristoff, talvez não apareceu quase tanto como os telespectadores queriam, mas suas cenas com Anna trouxeram o melhor de ambos os personagens. Anna normalmente passa suas cenas divagando através de seus pensamentos não filtrados com Kristoff observando, confuso, ainda disposto a enfrentar o turbilhão de palavras. Apesar de suas núpcias iminentes se tornar uma fonte de discórdia, mas ela ainda é a romântica incurável que acredita que quando o sentimento é certo, não há problema em colocar um anel sobre ele o mais rápido possível.

“Eu cantei com você!”

Anna e Hans tem um pouco de história que segue eles em Once Upon a Time. Ainda empenhada em capturar Elsa e governando Arendelle, Hans serviu mais como uma figura expositiva nesta temporada, preenchendo as lacunas da história, quando necessário. Ele foi congelado bem cedo no início da temporada apenas para retornar por um breve momento algumas semanas atrás. Mas aquele breve momento traz à tona a Anna que está aprendendo a partir dos oito minutos e uma música romântica. Anna não estava poupando sátiras maravilhosas durante seu mandato em Once Upon a Time. Enquando trazendo Hans de volta para a história pode ter sido um pouco vazio, deu Lail a chance de trazer o lado vingativo de Anna, e por isso nós somos gratos.

Talvez sua frase mais cômica da temporada foi quando Anna fica tão frustrada com Hans e ela expressa sua raiva dizendo “E eu cantei com você!”

A marca registrada de rodar a espada.

Anna não é uma flor delicada. Apesar de suas travessuras infantis e voz doce, a princesa de Arendelle foi em uma missão para salvar o reino da ira de neve de sua irmã. Sua aparição na Floresta Encantada, ou Mist Haven, não é diferente. Quando Anna se depara com um garoto do estábulo, um David de cabelo comprido, ela não só mostra a ele alguns movimentos, mas ela o inspira a lutar pelo o que é seu por direito e provar que ele não é um covarde para a Bo Peep. Anna é cheia de discurso incentivadores e otimismo sem fim e sua abordagem em trabalhar com David não foi diferente de seu encontro com Kristoff em Frozen. A independência ardente de Anna brilha em suas cenas do episódio “White Out”.

Votos de casamento inundados

Apresentado anteriormente no Hypable, a atuação de Lail em “Fall” foi a sua melhor da temporada. Anna passa por bastante variedade de emoções neste episódio. De descongelada e encarando Hans, o pelo dela de buscar conselhos com os piratas, e, finalmente, suas lacriminosas promessas para Kristoff enquanto eles encaram a morte, Lail capturou o espírito inteiro de Anna. Diante da perspectiva de nunca mais ver sua irmã, Anna enfoca no amor que ela tem bem à sua frente. Em vez de se lamentar sobre o que ela não conseguiu alcançar, ela escolhe em se focar em Kristoff e se certificar que eles têm um ao outro 100% no que poderia ser seus momentos finais.

Provando que o amor de uma irmã é suficiente para salvar o dia

No final, a história toda não é nada, se não um conto de amor fraternal. Anna e Elsa estão reunidas em Storybrooke com toda a carga emocional de seus momentos finais em Frozen. Anna está em grande parte separada de Elsa na história de Once Upon a Time, mas quando Lail e Georgina Haigh estão juntas em cena, a dinâmica delas é brilhante. A bravura e decisão de fazer a coisa certa de Anna ecoa através da temporada. Na casa do Aprendiz, Anna enfrenta Rumpelstiltskin e foge com o chapéu do Feiticeiro. E em Storybrooke, Anna encontra um caminho para passar por Elsa e fazer o que precisa ser feito para salvar sua irmã. Saiam da frente, senhoras, Anna tem isso sob controle.

Via

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *