elizabeth lail brasil
- elizabethlailbrasil.com -

Elizabeth Lail fala da vida após “YOU” e sua visão para o que está por vir

 

ELBR001.pngElizabeth Lail é equilibrada, calorosa e carinhosa. Quando YOU foi lançada na Netflix em 2019, a atriz de 28 anos não poderia ter previsto o enorme impacto que a série teria sobre os espectadores e sua carreira. Embora ela estivesse convencida de que “alguém deveria ver isso” e esperançosa de que ela contasse uma história que tocasse as pessoas. Cheia de gratidão por qualquer sucesso que encontre em seu caminho, ela está sempre pronta para ser desafiada. Elizabeth sentou-se de Chicago para uma conversa no Zoom comigo – ela se abriu sobre como encontrar seu jeito de atuar, lidar com os holofotes e ir aos seus próximos objetivos.

Após uma ligação inesperada, Elizabeth retoma a conversa de onde paramos. Na época, a atriz tinha acabado de chegar a Illinois para continuar a filmar um projeto ultrassecreto que estava fazendo em março, antes que a produção fosse parada. “Estou muito grata por termos uma segunda chance de concluí-lo, porque muitas séries não estão recebendo o mesmo presente”, diz ela. Embora “tenha sido melhor do que nunca” para Elizabeth voltar ao trabalho, ela destaca um dos aspectos positivos de estar em Nova York sob confinamento. “Isso causou essa onda de criatividade. Os restaurantes criaram essas belas áreas para refeições ao ar livre na rua e, claro, todos estavam aplaudindo os trabalhadores essenciais às 19h – essas pequenas coisas são a magia de Nova York, mesmo sob estresse.”

ELBR010.jpgNascida no Texas e criada na Carolina do Norte, Elizabeth lembra que Nova York era seu sonho de adolescente, pois ela queria seguir suas aspirações teatrais. “Eu estava na banda marcial e íamos para Nova York e Chicago para viagens. Eu queria morar aqui e é mais perto da família. Agora tenho medo de que, se algum dia eu for embora, talvez não volte mais. É uma cidade difícil, mas é tão inspiradora”. Vinda de uma pequena cidade onde os atores são raros, ela se sente “extremamente sortuda”. Depois de experimentar todos os esportes e atividades extracurriculares, Elizabeth começou a fazer teatro e conheceu uma de suas melhores amigas. “Tínhamos uns 14 anos, e ela e eu decidimos juntas que seríamos atrizes – ter alguém fazendo a jornada comigo é o que realmente selou isso para mim”, explica ela. Em seu primeiro trabalho na televisão, Elizabeth foi escalada para o papel de Anna de Frozen na série da ABC, Once Upon A Time. “Eu morri e fui para o céu ali mesmo, nunca experimentei tanta alegria explosiva em minha vida”, diz ela, com um sorriso. “Eu estava muito nervosa, senti que ainda tinha algo a provar. Ao contrário que agora vejo muito mais como uma colaboração. E o que é engraçado é que consigo perceber que estou mais confortável conforme os episódios vão passando.”

O papel principal de Elizabeth como Guinevere Beck na primeira temporada da série de suspense de sucesso da Netflix, YOU, marcou outra virada em sua carreira. Baseado no romance homônimo de Caroline Kepnes, a série se tornou um sucesso viral para a plataforma de streaming. “É incrível ter fãs e pessoas assistindo seu trabalho em todo o mundo”, Elizabeth começa. “O que é maravilhoso é que quando você está fazendo uma série, você realmente não sabe se alguém vai assistir.” Com essa mentalidade, ela mergulhou fundo em seu personagem – uma estudante de graduação da NYU e aspirante a escritora que eventualmente se torna o interesse amoroso de Joe, interpretado por Penn Badgley. “Dentro da atuação, é sempre vulnerável. Todo o meu trabalho é remover a máscara do ego – você quer pegar seu coração e colocá-lo lá para que as pessoas vejam”. Ela explica que queria ter certeza de que sua personagem iria ser além de “apenas” a garota. “O que estou percebendo agora é que muitas vezes as pessoas são magoadas por seus parceiros, então acho que a história tem alguns pontos importantes nesse sentido. Espero que as meninas estejam sendo cuidadosas e não dependendo da mídia social para defini-las e/ou atrair seus parceiros.”

ELBR004.jpgEnquanto o destino de Beck parecia selado no final da 1ª temporada, a atriz voltou para fazer uma aparição especial na 2ª temporada. “É emocionante a série estar indo tão bem e continuando. Me sinto muito grata por ter feito parte dessa primeira temporada, porque estabelecemos a base para que ela continue florescendo.” Sobre a era pós-YOU e a repentina atenção que ela recebeu, a atriz compartilha, rindo: “Quando eu estava voando para Chicago, alguém estava assistindo [YOU] no avião e eu estava rindo para mim mesma pensando, ‘Oh, sou eu’. Eu sou reconhecida, mas na maioria das vezes as pessoas ficam tipo,’ Você se parece tanto com aquela garota daquela série’. Eu fui na Itália há alguns anos, e alguém disse meu nome e eu fiquei tipo,’ Alguém aqui sabe quem eu sou?” É engraçado. Você nunca sabe.” Apesar de sua popularidade crescente, Elizabeth consegue manter sua privacidade. “Eu admiro tantas pessoas que pegaram [as redes sociais] e foram capazes de criar algo. Eu não fui capaz de fazer isso e, na maioria das vezes, tento não fazer. Tirei do meu telefone porque simplesmente não consigo me controlar.”

“Eu ainda faço testes para quase todos os meus papéis,” ElizabethELBR007.jpg acrescenta. “Você não pode ter um ego grande. Você tem que voltar ao básico todas as vezes, não importa quem você seja, eu acho”. Refletindo sobre sua evolução, ela olha para frente e reconhece que cada trabalho é um novo começo e fase. “Tenho certeza de que vai ser uma montanha russa durante toda a minha vida. Vou apenas fazer o melhor que posso e continuar aparecendo e aprendendo com cada desafio”. Assistir a grandes filmes e peças é o que a inspira. “Acabei de assistir ao filme francês Portrait of a Lady on Fire no avião. E não consigo parar de pensar nisso, esse é o poder de um filme. Eu queria fazer parte dele.” Sobre o que ela mais gosta na atuação, Elizabeth diz que está interessada em explorar a condição humana e criar mais empatia no mundo. “Eu não sei o que isso diz sobre mim, [mas] eu chorava ao assistir filmes ou [ver teatro com meus pais].” Nesse sentido, ela confessa que adoraria interpretar um personagem histórico, em oposição a uma criação completa de uma pessoa inteira. “Muitos dos grandes papéis já foram escolhidos e feitos tão bem”, ela ri. “Não sei, veremos… O melhor da história é que a vida das pessoas continua fascinante e interessante. Em 10 anos, pode haver uma história que aconteça nos tempos de hoje, quem sabe.” Embora Elizabeth ainda não tenha permissão para falar mais sobre seu próximo projeto, ela conclui: “É cheio de coração e alma. Espero que chegue ao mundo e possamos fazer algo incrível.” – Via

Tags: Ensaios, Photoshoot

ELBR001.jpg

Conto de fadas, divertido e sonhador dificilmente são palavras que alguém associaria à pandemia, mas para a atriz Elizabeth Lail e a estilista Sarah Slutsky, é uma perspectiva otimista é alcançável – basta um pouco de imaginação. Mais especificamente, é necessário um ensaio fotográfico na quarentena usando o distanciamento social em casa com uma pilha de decoração extravagante e roupas igualmente efusivas. “Elizabeth e eu estávamos conversando sobre como nós duas temos evoluído neste tempo de mudança e adaptação”, disse Slutsky ao TZR sobre como as fotos ganharam vida. “Nós conversamos sobre o que significa encontrar novas maneiras de permanecer conectado à nossa arte enquanto nossas trabalhos estão em pausa.” Tanto Slutsky quanto Lail, como muitos, experimentaram uma parada abrupta em seu trabalho devido ao COVID-19. Compreensivelmente, ele cobrou seu preço. “Achei que era realmente importante encontrar maneiras de continuar criando para minha saúde mental e como um meio de permanecer conectada com meus colegas”, acrescenta Slutsky.

Com um pano de fundo floral fornecido pela LoveShackFancy, um lindo punhado de adereços variados, incluindo vasos, xícaras de chá, flores frescas e até mesmo um morango mache, as duas se reuniram no estúdio ao ar livre de Slutsky para o que ela descreve como “Alice no País das Maravilhas adulta”. Em outras palavras, elas tiveram uma festa do pijama de adulto completa com se vestir e brincar e é precisamente a maneira de permanecer criativo durante sua própria quarentena neste inverno.

Photoshoot em Casa Durante a Quarentena: Comece ELBR002.jpgcom uma História

“Sarah e eu não trabalhamos há meses e nossas identidades como estilista e ator não eram mais claras para nós. Quem somos nós sem nosso trabalho?” Lail compartilha com a TZR. “Felizmente para nós, acho que ambas fomos capazes de nos reconectar com o motivo pelo qual fazemos o que fazemos.” Para Lail, contar histórias está no cerne de seu trabalho como atriz e é a razão pela qual uma sessão de fotos imaginativa e etérea se encaixa no projeto. “As histórias revelam a condição humana como nenhuma outra. Elas fornecem liberação catártica, compreensão e orientação, mesmo quando o mundo como o conhecemos chega a um impasse”, diz Lail. “A pandemia nos forçou a ser criativas na forma como fazemos nosso trabalho, socializamos, nos conectamos e gastamos nosso tempo. Minha esperança é que essa energia criativa continue enquanto o mundo se abre novamente.”

Então, por onde começar com suas próprias fotos em casa? Lail e Slutsky concordam: solte-se. “A melhor maneira de ser criativo é conectar-se a si mesmo”, aconselha Lail. “Olhe ao seu redor, pegue alguns acessórios, pegue uma câmera, alguém que fale a sua língua, e crie! Não há maneira errada de fazer isso. Aproveite o processo. Você nunca sabe o que pode aprender.” Para Slutsky, criar um espaço parecido com um conto de fadas era um lembrete do que é possível. “Não existem regras quando se trata de criatividade e mesmo em tempos de incerteza existe beleza”, diz ela.

Photoshoot em Casa Durante a Quarentena: Tenha objetos variados e roupas

Antes de escolher suas roupas para sessões de fotos em quarentena, siga o exemplo de Slutsky e Lail e visualize a estética geral primeiro. “Os cenários e adereços foram importantes porque fomos capazes de transformar meu espaço cotidiano em um mundo de sonho”, diz Slutsky. “Sentimos que criar e compartilhar um universo de brincadeiras seria uma oportunidade de escapar.” Tudo isso culminou em uma fantástica variedade de cores empoeiradas e texturas românticas que definiram o cenário para o guarda-roupa extravagante de Lail.

ELBR003.jpgPhotoshoot em Casa Durante a Quarentena: Vá fundo no seu guarda-roupa

Para as fotos, Lail contou com o poder transformador das roupas. “Isso pode mudar totalmente a sua essência”, diz ela. “Quando eu coloco uma certa roupa, eu imediatamente me torno outra pessoa, ou melhor, eu chego em outra parte de mim mesma. Eu coloquei um vestido durante essa sessão e fui imediatamente transportado para a hora do chá e para o interior da França.” Como estilista, Slutsky conhece bem esse fenômeno. “Depois de um dia de criação com um amigo você nunca se arrepende. Os espíritos estão sempre elevados, somos lembrados de tudo de bom que existe ao nosso redor, somos lembrados de todas as pessoas que estão experimentando algo semelhante e não estamos sós. , o que eu quero dizer é apenas fazer”, diz ela.

Via

Tags: Ensaios, Photoshoot

No final de 2019 Elizabeth tirou fotos para a nova edição da Story + Rain, que foi lançada no início deste ano. Tiradas por Randall Slavin, a sessão de fotos feita em Nova York ganhou novos outtakes – alguns que haviam sido liberados em preto e branco agora estão coloridos, outros sofreram retoques de cor, além de uma foto completamente nova estar disponível.

Veja na galeria:

ELBR016.jpgELBR021.jpgELBR023.jpgELBR015.jpg

Tags: Ensaios, Photoshoot

Elizabeth fez mais um sessão de fotos para a Bare Magazine, dessa vez com imagens em polaroid. Novamente fotografada por Tina Turnbow, Elizabeth passeia pelo Brooklyn, onde mora. Veja as imagens na galeria:

ELBR002.jpgELBR004.jpgELBR003.jpgELBR005.jpg
ELBR001.jpgELBR002.jpgELBR004.jpgELBR005.jpg

Tivemos o prazer de fazer uma pequena sessão de polaroid com uma de nossas musas e seres humanos favoritos, Elizabeth Lail. Dê uma olhada nela e ao redor de seus lugares favoritos no Brooklyn, sendo ‘cool’ em roupas vintage, couro e maquiagem minimalista… talvez tenhamos maquiado ela com um smokey eye preto. Mas Elizabeth é a crua beleza absoluta, ficando mais confortável o mais natural e real possível. Confira alguns de seus itens essenciais para mantê-la brilhante e linda.

Elizabeth nos diz: “Estou começando a encontrar maneiras de criar menos desperdício na minha rotina de beleza e adoro este sabonete em barra de carvão vegetal e da árvore do chá da Package Free Shop.”

Ela também adora Hydration Inner Beauty Boost do The Beauty Chef para os meses de inverno seco.

Ela ama o Marie Veronique’s Pre+Probiotic Daily Mist.

E o óleo labial da Ogee na cor clara.

Elizabeth usa produtos nos olhos, lábios e bochechas da Ogee. Rímel da Lancome. Caviar Stick na cor Tuxedo para os olhos da Laura Mercier, misturado com o óleo Clear da Ogee para dar brilho tirar manchas. Corretivo da Mineral Fusion onde necessário. Hidratação por Retrouve. Vestido preto da Batsheva.

Tags: Ensaios, Photoshoot