Elizabeth Lail Brasil



 
Elizabeth para a Bare Magazine

Elizabeth para a Bare Magazine

Dizer que Elizabeth Lail é uma ‘alma antiga’ realmente não faz justiça a ela, embora a atriz de 27 anos, nascida no Texas, continue sendo escalada em thrillers psicológicos (veja: YOU e Countdown), o que faz você se perguntar se ela sabedoria e maturidade sobrenaturais não são o que os diretores de elenco estão percebendo quando ela faz os testes. Enquanto ela ri livremente, assiste compulsivamente a Friends e ainda tem o tipo de pele jovem que requer pouco mais que protetor labial, seu profundo conhecimento de seu ofício, compostura e percepção da natureza humana trai completamente sua idade. A Bare Magazine conversou com Elizabeth na cidade de Nova York, onde seu mais recente suspense psicológico, Unintended, teve sua estréia.

ELBR001.jpgELBR002.jpgELBR003.jpgELBR004.jpg
ELBR005.jpgELBR006.jpgELBR007.jpgELBR008.jpg

Por que você acha que continua sendo escalada para suspense psicológico?

O que há comigo? Eu sou tão fácil de matar! O problema é que você nunca é escalado da maneira que pensa que será escalado. Mas eu tenho uma estética de garota  comum e um pouco de escuridão e tristeza por dentro. Não é um lugar em que habito todos os dias, mas definitivamente me ajuda a me conectar com esses personagens.

 O que te atraiu a atuar?

Atuar me escolheu. Foi catártico. Quando eu era mais nova, sempre tentava ser a boa garota. Mas sempre que eu estava em uma peça ou em uma sala de cinema, descobri que era capaz de sentir toda a gama de minhas emoções. Quando eu tinha 12 anos, minha mãe me forçou a fazer um teste para uma peça em um teatro comunitário. Ela falou, “Eu sei que você vai gostar disso.” Ela estava certa. Eu participei de um programa de verão na University of North Caroline School of the Arts quando tinha 15 anos e isso mudou a minha vida. Eu estava cercada por artistas. Eu encontrei meu povo! Depois disso, fui para a UNCSA para o ensino médio e a faculdade.

Continue lendo “Elizabeth para a Bare Magazine”

Elizabeth fala sobre ‘Countdown’ e ‘YOU’ em nova entrevista

Elizabeth fala sobre ‘Countdown’ e ‘YOU’ em nova entrevista

Como foi voltar ao território de terror para este filme? Porque sabemos que você fez o Dead of Summer, o que também foi bem assustador.

Sim, bem, isso coloca você em uma mentalidade mais assustadora, com certeza, mas é muito divertido porque você consegue ver como eles criam os sustos. E eu tenho pavor de filmes de terror, então isso realmente me ajuda a ver como eles fazem isso, o que ajuda a meu medo quando vou ao cinema.

Saber que é você lá e que não é real tornou este filme menos assustador para você assistir?

O certo seria dizer que sim, mas cobri o rosto durante a maior parte do filme. Eu estava muito estressada! É a primeira vez que você o vê com o som e a edição juntos, então isso mostra o quão eficaz um filme pode ser, mesmo que você conheça a história.

Se houvesse um aplicativo como o Countdown que informasse quanto tempo você vai viver, você o usaria?

Eu não. Principalmente porque acredito em estar no momento presente, tanto quanto possível. E acho que isso me causaria ansiedade, mesmo se fosse realmente baseado em ciências e tivesse a ver com sua genética. Não quero completar uma certa idade e dizer “Ah, sim, li uma vez que vou morrer este ano”. Eu nunca quero ter isso no fundo da minha mente para a minha vida, então eu prefiro apenas esperar pelo melhor e viver no agora.

Um aspecto interessante da trama foi como a leitura – ou não a leitura – dos termos e condições afetou seu destino. Você é o tipo de pessoa que lê os T & Cs?

Nunca! Não aprendo com nenhum dos meus filmes. Acho que posso me lembrar de como uso meu telefone e quanto o uso, mas não, concordo com esse tipo de coisa por acaso.

Quais são alguns dos aplicativos mais usados?

Oh, Google Maps. Eu provavelmente uso só para dar uma volta e ver o que há por perto, restaurantes e críticas. Então, eu diria que esse é o meu aplicativo número um. E o Instagram. Eu não me considero muito ativa nas redes sociais, mas definitivamente participo do Instagram, e acho que, infelizmente, provavelmente passo muito tempo nele. Embora eu esteja tentando limitar isso hoje em dia!

No filme, você estrela ao lado de Jordan Calloway, que é um dos nossos favoritos de Riverdale. Como foi trabalhar com ele?

Oh, ele é muito divertido. Ele é incrível. Ele trabalha muito duro, muito engraçado e maravilhoso de se trabalhar. Tivemos uma ótima fase de trabalho. Uma das coisas que me atraiu para o filme em primeiro lugar é que dois personagens estão passando por algo totalmente louco juntos. Você sabe, eles são estranhos, mas eles têm essa conexão estranha. É como ser capaz de contar todas as suas verdades a alguém que você não conhece, e rapidamente ter que ser tão aberto e passar por emoções tão grandes os uniria. Eu apenas pensei que era realmente uma parte bonita da história e muito divertida.

Falando em colegas de trabalho, como foi trabalhar com Penn Bagdley em YOU? Você o conheceu como Dan Humphrey em Gossip Girl?

Sim. Eu assisti Gossip Girl quando estava na TV, pré-Netflix. Mas ele é uma alma tão bondosa e de coração aberto que, provavelmente no momento em que o conheci, senti como “Oh, estamos trabalhando juntos, estabelecendo um novo relacionamento”. Eu acho que, como ator, você encontra tantos atores o tempo todo que somos muito bons em separá-los dos personagens. Mas eu vou dizer, meu eu de 16 anos está muito feliz que ela fica com o Penn Bagley

Você ainda vai assistir a próxima temporada de YOU, apesar do seu triste destino?

Sim, claro. Eu simplesmente amo os criadores da série, e amo muito o Penn, então serei a líder de torcida pessoal de longe.

Aos 27 anos, seria sua reunião de 10 anos na escola este ano. Qual é o maior conselho que você daria ao seu eu de 17 anos de idade?

Eu diria a ela para se permitir sofrer em voz alta. Peça ajuda quando precisar, não esconda como está se sentindo. Confie naqueles que a amam, porque você será um ser humano mais feliz e saudável se falar em voz alta. Qualquer que seja o tipo de dor ou vergonha que você tenha, todos ao seu redor estão passando pela mesma coisa. E você é incrivelmente amada. Eu tinha muitas pessoas que me amavam muito bem, mas fiquei em silêncio grande parte da minha adolescência. Aprendi como adulta a pedir ajuda e a me expressar mais livremente, emocionalmente falando.

Via
Tradução e adaptação por Elisa – Equipe ELBR;

Elizabeth dá entrevista ao Courier-Tribune

Elizabeth dá entrevista ao Courier-Tribune

Se você não viu Elizabeth Lail na TV, é provável que você a assista na tela grande em algum momento. Seu último filme, “Countdown”, está sendo exibido no Cinemark no Randolph Mall.

Lail cresceu em Asheboro, filha de Dean e Kay Lail. Ela tem uma irmã, Kathryn Lail.

Após se formar na University of North Carolina School of the Arts em 2014, ela teve sua grande estréia na série “Once Upon a Time” da ABC, interpretando Anna. Outro de seus filmes, “Unintended”, estava programado para estrear em 7 de novembro no iTunes e On Demand.

Em uma recente entrevista por telefone, Lail disse que “Countdown” é um filme de terror centrado em torno de sua personagem, Quinn. Ela baixou um aplicativo no celular que informa quanto tempo você tem antes de morrer. No caso de Quinn, o aplicativo diz que ela só tem três dias.

“Fica muito estressante muito rapidamente”, disse Lail sobre o filme. “No começo, parece ridículo, então as pessoas (com o aplicativo) começam a morrer.”

Lail disse que a missão de Quinn se torna excluir o aplicativo, “enganar a própria morte”. Mas as coisas pioram.

Justin Dec dirigiu “Countdown”, que é baseado em seu próprio roteiro, ela disse. “Fiquei empolgada por trabalhar com ele. Ele é tão atencioso com cada aspecto do filme. “

Apesar de ser um filme de terror, Lail disse: “a energia no set era tão alegre, era muito grata por estar lá. Nossa luz afastou a escuridão associada ao filme de terror.

“Countdown” foi filmado em Los Angeles, enquanto “Unintended” foi filmado no norte de Nova York, mais perto da casa de Lail na cidade de Nova York. “Unintended”, ela disse, “é sobre uma mulher (chamada Lea) sofrendo de depressão e dependência de drogas devido a problemas de sua infância”.

Em uma viagem de volta para casa, lembranças reprimidas retornam, o que implica que alguém morreu por causa dela. Ela então tenta resolver o mistério do que realmente aconteceu.

Lail disse que seu maior projeto é a série da Netflix “YOU”, na qual sua personagem, Guinevere Beck, entra em um relacionamento com um homem perigoso que ela não percebe que a está perseguindo. “YOU” começou a filmar a segunda temporada com a personagem de Lail ainda no set.

Com uma carreira que mantém Lail “trabalhando de maneira consistente”, ela começa a descobrir que é conhecida.

“É engraçado passear por Asheboro agora”, disse ela. “Todo mundo sabe quem eu sou.”

Lail disse que planeja passar o Dia de Ação de Graças com sua família, mas sua casa agora é Nova York. “Eu amo Nova York”, disse ela. “Adoro a diversidade e os teatros. Fico inspirada como artista. “

A avó de Lail, Betty Lail, pode não ser completamente objetiva, mas é inflexível ao dizer que sua neta é impressionante na tela. Embora Betty Lail diga que não é fã de filmes de terror, ela e o marido Jack foram assistir “Countdown” em Myrtle Beach quando o filme foi lançado.

“Nós gostamos muito”, disse ela. “Elizabeth realmente nos impressionou com sua atuação. Todo mundo que conhecemos que viu realmente gostou. ”

Betty Lail disse que o filme “tem boas mensagens”, como a forma como as mulheres são tratadas no local de trabalho, bem como sobre abuso sexual. Mas ela acha que uma mensagem primordial é que os celulares são bons, mas também podem ser prejudiciais.

Especialmente com aplicativos que podem matar.

Via
Tradução e adaptação por: Elisa – Equipe ELBR;

Elizabeth na premiere de ‘Unintended’ em Nova York

Elizabeth na premiere de ‘Unintended’ em Nova York

Aconteceu ontem (05) no Roxy Hotel em Nova York a premiere de ‘Unintended‘, o primeiro longa-metragem de Elizabeth. Com presença de quase todo o elenco principal, a atriz também participou de um painel sobre o filme e deu uma entrevista ao podcast Red Carpet Rendezvous.

Confira as fotos em nossa galeria:

ELBR003.jpgELBR004.jpgELBR005.jpgELBR002.jpg
ELBR001.jpgELBR002.jpgELBR001.jpgELBR002.jpg


Parte da entrevista ao podcast já está disponível: