elizabeth lail brasil
- elizabethlailbrasil.com -

Casamento íntimo de primavera da atriz Elizabeth Lail e seu parceiro Nieku Manshadi

Organizado pelo casal, com ajuda de familiares e amigos – Via

ELBR001.jpg“Nós nos conhecemos à moda antiga – em uma festa de amigos em comum em Williamsburg!”, diz Elizabeth Lail sobre como conheceu o agora marido Nieku Manshadi.

Elizabeth, uma atriz conhecida recentemente por seu papel como Guinevere Beck no thriller de sucesso da Netflix, You, e Nieku, uma odontopediatra, ficaram noivos durante a pandemia, em Montauk, Nova York, durante um “muito necessário fim de semana prolongado” em agosto de 2020. “Estávamos em nossa pequena fogueira durante o pôr do sol na praia fazendo marshmallows quando Nieku me pediu em casamento com a aliança da minha avó”, ela lembra.

Para seu casamento em 24 de abril de 2021, Elizabeth e Nieku planejaram novamente uma fuga de fim de semana da cidade, mas escolheram o local de outro momento marcante: a Hasbrouck House em Stone Ridge, Nova York, onde passaram seu primeiro aniversário juntos. “Parecia certo retornar a um ponto de nossa história e compartilhá-la com aqueles que amamos”, diz ela.

Graças ao COVID-19, o número de entes queridos foi limitado a apenas 22 convidados (a maioria dos quais foiELBR005.jpg vacinada, e aqueles que não haviam sido ainda, foram incentivados a fazer o teste e ficarem de quarentena). “Planejamos tudo pensando no COVID! Acho que poderíamos facilmente ter convidado 200 pessoas se fosse em outro momento”, admite Elizabeth. “Decidimos não esperar e apenas convidar a família para mantê-la segura para todos. Também éramos os únicos hóspedes na propriedade, o que nos deu tranquilidade para estar em nossa própria bolha”.

Eles abraçaram o planejamento da mesma forma que fizeram com a incerteza da época, descrevendo o processo como uma “experiência inteiramente intuitiva”. “Não tínhamos uma visão forte, então seguimos com o que parecia certo e verdadeiro para nós”, explica ela. “É fácil ficar sobrecarregado com a possibilidade, então apenas esperamos e ouvimos o que parecia bom. De certa forma, o casamento se revelou para nós com o tempo, à medida que mais e mais criativos se envolveram.”

Abaixo, todos os detalhes do casamento íntimo de Elizabeth e Nieku na primavera, que ela diz “parecer uma festa surpresa que se revelava ao longo do dia”, fotografado por Paul Simon do Forged in the North e planejado pelo casal com a ajuda da família e amigos (o pai da noiva até fez vídeos do dia!).

“Havia comprado outro vestido na empolgação, mas sabia que algo estava errado (espero não ser a única)”, disse Elizabeth sobre a compra de um vestido de noiva. “Sempre achei que aquele vestido era para uma versão mais jovem de mim mesma.”

Felizmente, a estilista do Reino Unido Andrea Hawkes veio ao resgate – via Zoom, nada menos – para salvar o dia desenhando um vestido personalizado de seda marroquina pesada e lavada com areia. O produto final: um vestido de noiva deslumbrante e único com botões forrados de seda na frente, decote em V profundo, corpete justo e mangas três quartos. “Havia uma facilidade que veio com o vestido”, diz ela. “Foi importante para mim ainda me sentir eu mesma. Isso me fez sentir como a mulher que estou me tornando.”

A noiva complementou seu visual simples, mas chique, com acessórios mínimos, mas significativos. Suas joias, umaELBR017.jpg pulseira da Tiffany & Co. com um coração azul, foi oferecida a ela por sua sogra. “Sempre que eu comprava acessórios extras ou mesmo sapatos, me sentia sobrecarregada”, ela admite. “Acabei usando um par de saltos neutros que tinha no armário. Não seria eu se os sapatos não estivessem desmoronando!”

Um acessório, o buquê de noiva, foi selecionado manualmente para o grande dia e deu o tom, literalmente, para o resto do projeto do casamento. “Nossas cores foram inspiradas em todas as flores efêmeras, tulipas e narcisos (minhas favoritas)”, diz ela. “Criamos um mundo de ferrugem, pêssego, morango, amarelo e verde com um toque de roxo.”

Como um toque sentimental, Elizabeth pediu a sua florista de Hudson Valley, Dark and Diamond, que envolvesse um pedaço de renda do vestido de noiva de sua mãe antes de ela caminhar pelo altar.

Além das flores vibrantes da primavera que o casal trouxe, a propriedade em si estava em plena floração no dia do casamento. Isso fez lindos retratos da noiva e seu buquê perfeitamente no tema – observe seus narcisos favoritos em amarelo!

Para seu look, Nieku escolheu um terno marinho escuro da Freemans Sporting Club e combinou com uma gravata borboleta preta inspirada em seu avô e sapatos sociais Oxford da Ferragamo. Ele usava um relógio da IWC.

ELBR008.jpgNa manhã do casamento, Nieku levou alguns convidados para uma caminhada, enquanto Elizabeth organizava uma cerimônia do chá liderada por sua “oficiante mágica” com algumas mulheres de sua família. “Foi uma forma muito pacífica e fundamentada de começar o dia. Foi muito significativo compartilhar uma prática que amo com as pessoas que amo”, diz ela. Pouco antes de caminhar pelo corredor, o casal se encontrou para uma primeira olhada e fotos em torno dos jardins deslumbrantes.

“Escrevemos cartas um para o outro que lemos durante o momento que nos vimos pela primeira vez”, diz a noiva, que incentiva os casais a pensarem em fazer o mesmo. “Foi um momento tão lindo para realmente nos conectarmos um com o outro antes que a adrenalina o leve para longe.”

Olhando para quando estava no processo de planejamento, Elizabeth diz que não poderia ter feito isso sem a ajuda de sua irmã – e um planejadora muito organizada com listas do que fazer. “Eu teria ficado perdida sem isso e ela”, admite ela.

Ela diz que vasculhou o Pinterest em busca de ideias, mas tudo realmente se encaixou quando eles reservaram o local. “A data, o fotógrafo, as flores, o bolo – tudo baseado nas recomendações/disponibilidade da Hasbrouck House”, explica a noiva.

O casal trabalhou em estreita colaboração com Kayleigh, coordenadora da Hasbrouck House. “Ela foi um sonho. Não poderíamos ter feito isso sem ela”, acrescenta Elizabeth. “Ela cuidou de toda a logística, então, no dia, tudo que tínhamos que fazer era nos vestir e aparecer. Isso fez com que nosso casamento parecesse uma festa surpresa que acontecia ao longo do dia.”

“Estávamos bastante ocupados na época, então meu lema era se não desse para ser feito, não era para ser”, diz Elizabeth. “Tive que ser carinhosa e realista comigo mesmo. Felizmente, descobri a alegria de delegar e tive uma grande ajuda de amigos e familiares.”

“Fomos abençoados com um lindo dia, então pudemos fazer a cerimônia do lado de fora”, diz Elizabeth. “Nossa florista, Dark and Diamond, fez um trabalho incrível na criação de um arco de flores fluidas que eram vibrantes e orgânicas. Isso trouxe muita alegria à nossa cerimônia.”

Depois que os pais de Elizabeth a levaram até o altar, ela e Nieku recitaram os votos tradicionais e Baha’i. ElesELBR035.jpg trocaram alianças de casamento da ILACrescent e da Catbird.

A parte mais difícil de planejar uma pandemia de casamento no meio de uma pandemia? “Não podermos ter todos os nossos amigos e familiares presentes devido ao COVID”, diz a noiva. “Houve muitos momentos em que não tínhamos certeza se o casamento aconteceria. Sabíamos a qualquer momento que poderíamos adiar. Foi um alívio para nós quando quase todos os convidados foram vacinados a tempo para o casamento.”

Nieku fez “a mais incrível playlist de casamento”, diz Elizabeth. “Eu fui ao altar ao som de ‘Crazy Love’ de Van Morrison. Depois que nos beijamos, eles tocaram ‘Elephant Gun’ de Beruit. Não paro de cantar essas músicas desde então.”

Após a chegada, cada convidado foi recebido com uma bolsa com algumas das coisas favoritas do casal, como chá persa Sadaf, desinfetante para as mãos Upstate Stock, Mast Chocolate e pipoca de picles de Chad’s Carolina Dill.

O jantar aconteceu no Butterfield, o restaurante interno da propriedade, que foi decorado para a ocasião. “Eu queria que nossas mesas dessem a sensação de que tínhamos colhido flores frescas do jardim da minha avó”, diz a noiva. “O Butterfield na Hasbrouck House já é um espaço aconchegante e descolado. Deu ao nosso casamento íntimo um toque caseiro.”

A melhor amiga da noiva fez a caligrafia de cada cartão que marvaca os lugares em papel aquarela. “Ela realmente torna tudo o que toca bonito e tem uma forma icônica de escrever”, diz Elizabeth. “Me trouxe muita alegria olhar e ver sua caligrafia.”

O menu de “deliciosa comida local” incluía um prato de lentilha vegana; “o melhor frango que já comi”, como um convidado delirou; e, mais tarde, s’mores perto da fogueira.

“Minha parte favorita de um casamento são os discursos”, diz Elizabeth. “Os nossos foram tão sinceros e engraçados. Você tinha que estar lá. Acho que é uma tradição tão linda expressar publicamente o amor um pelo outro. Devíamos fazer isso com mais frequência.”

Os recém-casados cortaram um pequeno bolo seminu da Maxine’s Catering/Bittersweet Bakers, que foi coberto comELBR039.jpg flores frescas e pequenas estatuetas de animais (uma piada interna). Elizabeth chama a escolha do bolo de “bastante fácil”. “É um ótimo dia quando você chega em casa e tem vários bolos que você é ‘forçado’ a comer ‘”, acrescenta ela com uma risada.

“Não planejamos dançar devido ao tamanho da nossa festa, mas de alguma forma fomos levados pela música depois que o jantar acabou”, diz a noiva. “A família de Nieku é persa e nos ensinou a dançar.”

“Compramos uma câmera Polaroid como uma ideia de última hora durante a nossa viagem até o casamento ”, diz a noiva. “Elas acabaram sendo algumas de nossas fotos favoritas da noite.”

“Nosso casamento foi tão pequeno e íntimo que não pudemos deixar de fazer com que todos os aspectos refletissem uma parte de nós”, reflete a noiva. “Foi principalmente nossas duas famílias se unindo pela primeira vez. Nós rimos e choramos o tempo todo.”

Tags: Fotos pessoais
POST ANTERIOR
POST SEGUINTE

Leave a Reply