ELBR024.jpg
51147014_749016675491589_6222705630279453658_n.jpg
51620472_848234008901889_2523265498597507598_n.jpg
51341655_586373558440602_7673187979161070677_n.jpg
50794044_2188667131217353_7186625656589722136_n.jpg
51217643_118324009259395_6251283645734586129_n.jpg
GALERIA ATUALIZADA DIARIAMENTE! Mais fotos
30
jan 2019
ELBR, Projetos  •  By  •  0 Comments

Dia 25 de março está chegando e por isso já é hora de divulgar o projeto de aniversário para a Elizabeth esse ano.

Em 2019 vamos enviar uma caixa decorada com mensagens de fãs dentro diretamente para ela. Se você se interessou em participar, siga os passos abaixo:

+ Envie sua mensagem de aniversário para o e-mail projeto@elizabethlailbrasil.com em inglês;
+ Sua mensagem deve ter no máximo 10 linhas!
+ Você pode enviar até o dia 23 de fevereiro;

Caso não aja a possibilidade de entrega da caixa até o dia de seu aniversário, um vídeo será publicado no nosso Instagram onde Elizabeth e todos que participaram poderão ver o resultado final do projeto. Lembrando que ela nos segue, então ela com certeza irá ver.

FOR INTERNATIONAL FANS:

30
jan 2019
Entrevista  •  By  •  0 Comments

Via;
Tradução e adaptação por Elisa – Equipe ELBR;

O que você pensa sobre tantas mulheres romantizando Joe, apesar dele ser um perseguidor e assassino?
Acho que estamos programados dessa maneira. Eu inclusive. Com todos os rom-coms e contos de fadas que lemos, estamos programados para torcer pelo herói a qualquer custo, infelizmente. E assim, minha esperança é que essas mulheres percebam isso dentro de si; e pergunte a si mesmas: “Oh Deus, por que eu amo esse homem terrível?” Espero que eles reconheçam isso como um viés inconsciente (que está dentro da maioria de nós) e trabalhem ativamente contra isso.

Beck recebe muitas críticas por seu comportamento na série também… você acha que isso é justificado?
Nem todo mundo gosta de Beck porque ela é imperfeita; o que confunde minha mente às vezes porque eu realmente não acredito que você possa culpar a vítima. Nunca. Só porque ela não tem cortinas não significa que ela quer ser manipulada, capturada e controlada. As pessoas são muito duras com a Beck, mas eu sou sempre rápida em dizer que ela é a vítima nessa situação, e sim ela é imperfeita – todos nós somos. E suas imperfeições não são nada comparadas às de Joe.

30
jan 2019
Entrevista  •  By  •  0 Comments

Via;
Tradução e adaptação por Elisa – Equipe ELBR;

Quando você se dedica à interpretação, sempre há um projeto que coloca você no mapa. No caso de Elizabeth Lail, foi ‘You’, um dos últimos sucessos da Netflix. Ela dá vida a Beck, o protagonista deste “thriller” e objeto de desejo de Joe [Penn Badgley], um gerente de livraria que se torna obcecado por ela. Sem dúvida, ela é uma das atrizes do momento e nós a entrevistamos para falar sobre como esse personagem a marcou, o uso de redes sociais e se ela vai participar de alguma forma, por mais difícil que pareça, na segunda temporada que já está a caminho.

O que foi mais difícil ao interpretar a Beck?
Ela constantemente usa diferentes mecanismos de adaptação dependendo de quem ela é. Ela não sabe exatamente quem é ela, então, como atriz, eu também tive que descobrir por conta própria. É um sentimento muito humano, então eu lutei com a verdade da personagem, da mesma forma que ela mesma fez.

30
jan 2019
Entrevista  •  By  •  0 Comments

Via;
Tradução e adaptação por Elisa – Equipe ELBR;

Nós a vimos pela primeira vez em Once Upon a Time na quarta temporada, você interpretou a irmã de Elsa, a Anna. Quais são as boas lembranças que você mantém da série?
Foi tão mágico. Foi o meu primeiro emprego, então senti que havia morrido e cheguei ao céu. Mas mais do que tudo, aprecio as pessoas que conheci durante as filmagens.

Os criadores do Once Upon a Time convidaram você para interpretar Amy Hughes em Dead of Summer. Você encontrou Elizabeth Mitchell (com quem também atuou em Once Upon a Time). Você pode nos dizer sobre isso?
Eu amo Elizabeth Mitchell. Eu aproveitei a oportunidade para trabalhar com ela novamente e, claro, com Adam e Eddie (os criadores do Once Upon A Time). Eu tive um tempo tão bom em Once Upon A Time que eu sabia que queria continuar trabalhando com essas pessoas. Eu sou muito grata que eles viram algo em mim.