51364675_312395082795034_6500507322965616146_n.jpg
ELBR024.jpg
51147014_749016675491589_6222705630279453658_n.jpg
51620472_848234008901889_2523265498597507598_n.jpg
51341655_586373558440602_7673187979161070677_n.jpg
50794044_2188667131217353_7186625656589722136_n.jpg
GALERIA ATUALIZADA DIARIAMENTE! Mais fotos
30
jan 2019
Entrevista  •  By  •  0 Comments

Via;
Tradução e adaptação por Elisa – Equipe ELBR;

Quando você se dedica à interpretação, sempre há um projeto que coloca você no mapa. No caso de Elizabeth Lail, foi ‘You’, um dos últimos sucessos da Netflix. Ela dá vida a Beck, o protagonista deste “thriller” e objeto de desejo de Joe [Penn Badgley], um gerente de livraria que se torna obcecado por ela. Sem dúvida, ela é uma das atrizes do momento e nós a entrevistamos para falar sobre como esse personagem a marcou, o uso de redes sociais e se ela vai participar de alguma forma, por mais difícil que pareça, na segunda temporada que já está a caminho.

O que foi mais difícil ao interpretar a Beck?
Ela constantemente usa diferentes mecanismos de adaptação dependendo de quem ela é. Ela não sabe exatamente quem é ela, então, como atriz, eu também tive que descobrir por conta própria. É um sentimento muito humano, então eu lutei com a verdade da personagem, da mesma forma que ela mesma fez.

Você se tornou mais cuidadosa com as redes?
Ironicamente, estou mais envolvida com as redes sociais do que antes da série. Embora eu tente enganar meus seguidores com a minha localização, postando fotos de todo o mundo.

Na sociedade em que vivemos, estamos claramente expostos. O que você recomendaria aos jovens para lidar com isso?
Eu acho que é importante lembrar que devemos ter cuidado com nossas vidas. Você tem que ser cauteloso com o que você publica e também com o que você assimila. Se o conteúdo não faz você se sentir bem (por exemplo, não é bonito o suficiente ou não é bem sucedido o suficiente) com o que você tem, lembre-se de que você é suficiente e que o verdadeiro amor e aceitação vêm de dentro.

Algo semelhante já aconteceu com você?
Não graças a Deus!

Você esperava essa atração global da série?
Eu gosto de manter minhas expectativas de maneira razoável, então eu tive uma surpresa agradável com todo o sucesso que a série teve.

Alguma memória divertida sobre as filmagem?
Penn e Shay [Peach] odeiam musicais e Nicole [Lynn], Kathryn [Annika] e eu amamos, então nós cantávamos e dançávamos perto deles. Finalmente, eles riram de nós e terminavam o dia cantando e dançando juntos.

Como é seu relacionamento com Penn Badgley?
Penn me inspira. Sua perspectiva sobre a vida e seu grande coração me fez sentir segura e confortável. Eu o considero um bom amigo.

Muitos fãs declararam seu amor por Joe e isso fez Penn Badgley lembrar-lhes no Twitter que ele é um assassino. Você entende esse fascínio da parte do público?
Entendo. Como sociedade, estamos programados para apoiar o “herói” a todo custo. Penn faz um trabalho maravilhoso em apontar essa tendência um tanto inconsciente e chamando-a pelo seu verdadeiro nome. É um caso extremo de masculinidade tóxica que leva a manipulação severa e, finalmente, assassinato. Também espero que as pessoas reconheçam o quão propensas as pessoas estão dispostas a perdoar a um homem e questionem ativamente essa resposta dentro delas.

Você ficou com alguma lembrança material do sua personagem?
Eu guardo algumas bugigangas da série que eu amo. Eu guardo o icônico colar de Beck e a camisa do Nirvana que ela usava enquanto estava trancada.

Se Beck tivesse escrito o final da primeira temporada, como teria sido isso?
Ela teria escapado! Joe iria a julgamento, teria sido condenado e enviado para a prisão. Beck teria continuado escrevendo para lidar com as cicatrizes profundas que tudo isso certamente deixaria nela e continuaria a viver para aproveitar o sucesso de seus textos sobre como superar tal tragédia. Certamente isso se tornaria uma inspiração para garotas jovens em todo o mundo.

Nos te veremos na segunda temporada? Há sempre truques para “ressuscitar” um ator…
Você terá que esperar para ver.

E seus colegas lhe disseram algo sobre como a série continuará?
Eu sei um pouco sobre o segundo livro, então posso imaginar que algo desse enredo fará parte da história.

Você também é conhecida por ter interpretado Anna, de ‘Frozen’, em ‘Once Upon a Time’. Como você se sentiu na pele de uma princesa da Disney?
Eu estava absolutamente feliz o tempo todo. Foi meu primeiro trabalho como atriz e senti como se tivesse morrido e ido para o céu. Foi um sonho que se tornou realidade.

Leave a Reply